O 4° Cavaleiro

Na mesa, já estávamos eu e o Feioso. Feioso estava daquele jeito dele, pastoso, mais calmo que monge Zen. Eu, tenso, batia os dedos na mesa, suava pela jaqueta de couro, fumava.

56 Leitores

Envie para:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.