Scarium HomePage  


Turbine seu Cérebro

   
 

Mário Eugênio Saturno

 

Um estudo conduzido por Glenn Wilson da King's College London University, da Inglaterra, mostrou que o QI (quociente de inteligência) depende de uma variedade de fatores e descobriu seis modos de aumenta-lo.

Primeiro, não seja subserviente à tecnologia. As chamadas telefônicas, emails e mensagens de texto provocam uma perda de QI maior do que fumar maconha. E isso afeta mais os homens. Para manter a mente aguçada, evite verificar as mensagens continuamente, ao contrário, agende, reserve momentos durante o dia para ler e responder.

Segundo, durma oito horas. Dormir mal provoca perda de produtividade e aumento de erros, como mostrou um estudo da Fundação Nacional do Sono. Algumas vezes, os erros são trágicos, como já demonstraram as investigações do Governo dos Estados Unidos nos desastres do space shuttle Challenger e da Exxon que apontaram a privação de sono como causa direta dos acidentes.

Terceiro, coma bem, ou seja, dieta rica em antioxidantes, vitaminas A (beta caroteno), B, C e E como demonstram os estudos de várias Universidades. Já uma pesquisa de Peak Wellness sugere que comer proteína no desjejum aumenta o nível de serotonina, que produz hormônios que nos fazem ficarmos alertas. Durante o dia, pode-se aumentar a serotonina ingerindo pequenas doses de carboidratos. Beba bastante água. Sentir desejo por açúcar pode ser um indicativo de desidratação.

Quarto,  exercitar-se aumenta a circulação e fortalece a química do cérebro que melhora a criatividade, o tempo de reação e retenção. Pesquisadores da Universidade de Middlesex descobriram que os participantes melhoram nos testes de criatividade após 25 minutos de exercícios aeróbicos. Da mesma forma, um estudo da Universidade de Illinois observou que pessoas inativas melhoraram a memória e a habilidade em fazer várias tarefas em mais de 15% após uma caminhada.

Quinto, fazer exercícios mentais também são importantes. Aprender uma nova língua ou debater amigavelmente estimula o fluxo sanguíneo e fortalece as sinapses dos neurônios. Uma pesquisa da Universidade de Washington mostrou que as técnicas de memorização fazem o cérebro trabalhar mais eficiente e ajuda a reduzir a perda de memória associado à idade.

Sexto, pense positivo, tenha pensamentos agradáveis. Uma pesquisa do W.M. Keck Laboratory for Functional Brain Imaging and Behavior demonstrou que a escolha pensamentos e emoções específicos pode mudar permanentemente o cérebro. Quando os participantes pensavam nos sentimentos de amor e compaixão, seus cérebros mudavam. Em apenas 10 minutos por dia meditando sobre esses sentimentos pode fazê-lo mais esperto e mais feliz.

Isso não se parece com os conselhos que Jesus dá aos seus discípulos?

 

 

 

Mário Eugênio Saturno é Tecnologista Sênior da Divisão de Sistemas Espaciais do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), Professor do Instituto Municipal de Ensino Superior de Catanduva (www.fafica.br) e congregado mariano. (Email: mariosaturno@uol.com.br)

 

 

Do mesmo Autor:

O SCD-1 - completa onze anos

O Asteróide Assassino

Ouvir Vozes

A Inquisição e Galileu

A ciência de einstein

A maior extinção

Lucy e os ancestrais humanos

Um supervulcão extinguirá a humanidade

 

 

 

 
 
voltar para artigos | voltar para a capa
 

www.scarium.com.br
 - - Revista independente de ficção científica, horror, fantasia e Mistério - -
Todos os direitos reservados
©2002 Scarium Megazine